quinta-feira, 29 de junho de 2017

Vacas

Por Geraldo Lima

Umas vacas vêm pastar aqui perto de casa pela manhã. Umas vacas mestiças, de pequeno porte e pelagem variada. Umas vacas concentradas no ato ancestral de pastar, de simplesmente encher o bucho e depois ruminar. Contemplo a placidez delas, bovinamente coesas na manada, indo e vindo em busca do melhor capim. Os anuns, movidos também pela fome e pelo instinto, seguem-nas em busca de carrapatos saltando de arbusto em arbusto. A cena, um recorte lírico diante dos meus olhos, dura alguns minutos, até que vacas e anuns, saciados, se deslocam para fora do meu campo de visão.

(Texto publicado, originalmente, no Jornal de Sobradinho)


2 comentários:

  1. uma cena e tanto, amigo, linda noite.

    ResponderExcluir
  2. Grato pela leitura e pelo comentário, Luna Di Primo. Abraços!

    ResponderExcluir